e-bit na mídia

Brasileiros estão mais confiantes em fazer compras de Natal pela internet
24/12/2009 Diário de Pernambuco

Os consumidores brasileiros estão mais confiantes em fazer as tradicionais compras de Natal pela internet em 2009. De acordo com uma pesquisa divulgada nesta semana pela consultoria e-bit, em parceria com o Movimento Internet Segura, 86,71% das pessoas que adquiriam algum produto pela rede mundial de computadores em novembro, se disseram satisfeitas com o desempenho do comércio eletrônico nacional. Além de preços e ofertas mais atrativas do que em muitas lojas físicas, os clientes gostam da comodidade de receber os produtos sem precisar sair de casa.

O resultado demonstra que o aumento do volume de transações pela rede, causado pelas compras de final de ano, não tem provocado impacto na eficiência das lojas. Ao todo, mais 130 mil pessoas foram entrevistadas. O percentual foi a terceira melhor marca do Índice de Confiança do e-consumidor em 2009, ficando atrás de julho e agosto, quando o índice superou a casa dos 87%. "Somando os percentuais registrados de janeiro anovembro deste ano, temos uma média de 86,43% de satisfação", afirma o coordenador do Movimento Internet Segura, Djalma Andrade.

Em Pernambuco, contudo, os sistemas ainda não estão tão eficientes quanto em São Paulo ou Rio de Janeiro, onde é possível fazer pedidos pela web e receber em casa no mesmo dia - em questão de horas. Tirando flores, que já podem ser encomendadas desta forma, direto em muitas floriculturas locais, e de algumas poucas lanchonetes e serviços, muitas lojas, como as de informática, que poderiam ser uma das primeiras a apostar na tecnologia, ainda não possuem serviço de entrega neste formato. Para quem ainda não juntou todos os presentes de Natal, resta ir ao ponto de venda mais perto (o Informática separou abaixo alguns mimos de última hora).

Mudança - Livros, DVDs e CDs ainda são os principais artigos vendidos online, mas novas categorias, como moda e acessórios, esporte e lazer e joalheira, começam a chamar a atenção e a crescer em faturamento. Nos três casos citados, houve um aumento de 108%, 145% e 55%, respectivamente, na variação de pedidos em outubro deste ano, em comparação ao mesmo período de 2008. Na prática, estes segmentos conquistam pouco a pouco a confiança dos e-consumidores, que até pouco tempo não se sentiam confortáveis em adquirir produtos que não pudessem tocar. "A evolução das plataformas nos conceitos web 2.0 contribui para a linha de crescimento dessas categorias. As lojas que comercializam esses tipos de produtos podem disponibilizar vídeos, reviews e imagens 3D para que seus clientes sintam-se mais confiantes em efetuar pedidos de produtos que antes necessitavam ser obrigatoriamente tocados e experimentados pessoalmente", diz o diretor geral da e-bit, Pedro Guasti.

Nas prateleiras

- Entre as opções eletrônicas disponíveis para as crianças, a Nagem comercializa o Multigame Multilaser, videogame portátil completo. Ele vem com dois cartuchos, um com 16 games e outro com 6 brincadeiras interativas variadas. Por R$ 119, ou em até 8 vezes sem juros. Mais detalhes pelo (81) 4004-2021 ou www.nagem.com.br.

- Outra opção é a câmera digital Nikon Collpix L20 de 10 megapixels, com visor de LCD de 3 polegadas, 3,6x de zoom óptico, detector de face, memória interna de 20MB, flash embutido e redutor de olhos vermelhos. Por R$ 399, na InfoBox, à vista ou em até 6x sem juros. Saiba mais pelo (81) 3073-1800 ou www.infobox.com.br.

- O case para notebook pode ser um bom presente para quem precisa proteger os equipamentos portáteis contra pancadas leves. O modelo estampado da Leadership para computadores de 13 polegadas é vendido por R$ 29 na InfoHouse. Existem outros disponíveis. Para tirar dúvidas, ligue (81) 3334-0606 ou acesse www.infohouse-pe.com.br.

- Para ajudar a armazenar documentos, fotos e vídeos, você pode oferecer um HD externo, como o Simpletech Signature Mini. O modelo pode ser encontrado na UpGrade Infoshop com 250GB ou 320GB, por R$ 259 e R$ 289, respectivamente. Para mais informações, ligue (81) 3267-4455 ou acesse www.upgradeinfoshop.com.br.



 

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, agressivos, caluniosos, abusivos, difamatórios, discriminatórios, ameaçadores, danosos, invasivos da privacidade de terceiros, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores e à preservação do meio ambiente. Compre com segurança: conheça seus Direitos de Consumidor.