e-bit na mídia

Loja virtual disponibiliza sistema de comissão para blogs no Brasil
15/12/2009 Portal da Propaganda

A loja virtual MadeiraMadeira inicia o processo de parcerias com blogs brasileiros para inserir o serviço CPA (Custo Por Ação), a partir da plataforma First Class, desenvolvida pela empresa WB4B/C’ Negócios Online. O sistema rastreia o acesso de internautas na loja virtual e sua origem, se for efetuada a compra a partir do clique no banner em um blog, uma porcentagem do valor é repassado ao blogueiro.

Um dos mais modernos conceitos de mídias atualmente, o CPA é amplamente utilizado por empresas de varejo online nos Estados Unidos e na Europa, porém ainda raro no Brasil.Esta operação garante o retorno aos dois lados, como afirma o diretor da MadeiraMadeira, Daniel Scandian, no caso do blog é mais uma forma de remuneração e, para a loja virtual , a certeza de retorno do investimento feito no site. “Em tecnologia tudo é possível e em um ambiente como a internet é preciso explorar os recursos disponíveis para cada vez mais podermos identificar os nossos consumidores, umas vez que não temos o contato pessoal. Este procedimento é justo para todos os envolvidos e fornece dados importantes sobre o nosso mercado”, explica. No Brasil, já existe o serviço CPC (Custo Por Clique), em que o site recebe por clique em um banner promocional, independente do resultado efetivo para o anunciante.
Lançada em setembro a MadeiraMadeira conta, atualmente, com 1870 produtos, sendo o maior site de e-commerce no segmento de pisos e revestimentos do Brasil. Os itens disponíveis compreendem as categorias de madeira, laminados, carpete têxtil, grama sintética, deck, forro, telhas, produtos de manutenção e instalação.
A aposta na internet se revela uma tendência no mercado nacional, o universo virtual é um dos setores menos explorados por empresas brasileiras. Na maioria das vezes pela falta de expertise com relação à logística, disponibilidade de produtos, formato da loja e até confiança do consumidor. Uma pesquisa publicada pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Câmara e-net) mostra que das 70 milhões de pessoas com acesso à internet no país, 17,2 milhões comprarão pela web até o final de 2009, o que significa um aumento de 4,2% em relação a 2008. “Apesar do acesso fácil, o modelo de negócio da loja virtual é complexo e exige um alto grau de detalhamento. Qualquer erro no processo gera uma resposta imediata que, em questão de segundos, pode ser disseminada pela internet”, afirma Scandian.
Para esta época, a expectativa é ainda maior. Dados da e-bit mostram que as vendas pela internet devem crescer até 30% no Natal, podendo atingir mais R$ 1,6 bilhão, se comparado ao mesmo período do ano passado. Pela internet, o usuário encontra um amplo leque de opções e tem a seu favor a comodidade e praticidade na compra.



 

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, agressivos, caluniosos, abusivos, difamatórios, discriminatórios, ameaçadores, danosos, invasivos da privacidade de terceiros, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores e à preservação do meio ambiente. Compre com segurança: conheça seus Direitos de Consumidor.